(11) 4723-4545 | (11) 99651-2066 vendas@amlocacoes.com.br

Rosqueadeira

EPI'S

   

Finalidade

Preparadas para rosquear tubos DIN 2999 (BSPT) direitas (½-4″); NPT (½-4″); Métrico (8-52mm) e tubo de condução elétrica (10-40mm). Realiza operações de corte, escareamento e rosqueamento num tempo mínimo. Dispõe de 3 velocidades sincronizadas 15, 27 e 38 R.P.M. Lubrificação automática pelo interior da tarraxa diretamente aos pentes. Bomba de óleo de sistema mecânico (engrenagens) com seletor de volume de óleo conforme medidas. Garra auto-blocantes, substítuíveis e de fácil substituição. Acompanha: 1 cabeçote automático de (½-2″) e (2½-4″), 3 jogos de cossinetes (½-¾”), (1″-2″) e (2½-4″) BSPT ou NPT.

 

É imprescindível seguir as determinações da NR 18 e NR12.

Características

Fabricante Modelo Tensão Peso Veloc. Tarraxas Porta tarraxas Óleo p/ rosquear
Rothenberger Super Ego Pró 4 220 V monof. 103 kg 15, 27 e 38 rpm (½-¾”)(1-2″)(2 ½- 4″) Uni auto V, e de Perfilagem ROCUT BR/ 1500ml
  • Informações Importantes

 

Conforme NR 18 a execução e manutenção das instalações elétricas devem ser realizadas por trabalhador qualificado e a supervisão por profissional legalmente habilitado. Assegure-se de que a voltagem da rede é a mesma do equipamento. A tensão de alimentação elétrica deverá estar com +/- 5% da tensão nominal. Faça o aterramento do equipamento. O cabo de ligação e possíveis extensões deverão ser compostos por cabos de condução elétrica com proteção mecânica, do tipo PP com secção de 4,0 mm². O cabo de ligação deverá ser inteiriço, sem emendas, para não haver correntes de fuga, nem estar enrolado, tendo no máximo 50 mts de compr. O circuito de alimentação deverá ser protegido por interruptor de corrente de fuga do tipo “DR”. Verifique os acessórios que acompanham o equipamento para sua segurança e exatidão no trabalho a ser realizado. Para maior segurança utilize EPI’s necessários para o serviço a ser executado. Isole o local onde se vai trabalhar, não permita o acesso de outras pessoas. Utilizar o porta-tarraxas correspondentes ao Ø do tubo que vai ser roscado. Montar corretamente o porta-tarraxas no carro. Antes de começar a fazer a rosca, colocar o porta-tarraxas na posição de fazer a rosca, colocar o interruptor em “ON”, e verificar que o óleo flua corretamente pelas tarraxas. Certificar-se também de que tenha óleo suficiente no deposito cobrindo completamente o coador. Começar sempre a efetuar as roscas com o carro a direita da linha vermelha da barra de suporte dianteira para que o porta-tarraxas não grude contra o prato. Ao rosquear tubos longos, utilizar o suporte de tubos especial para evitar vibrações devido as deformações causadas pelo giro do tubo. Não usar suporte de tubo pode ser motivo de roscas imperfeitas e danos na máquina. Não diluir óleo nem mistura ou misturar com outras marcas de óleo lubrificante.

1- Ao posicionar a máquina, as pernas deverão ser ajustadas com o mandril posterior mais elevado que o mandril do martelo percursor, para não vazar o óleo para trás pelo tubo que está sendo cortado. 2- Retire a tampa superior do depósito e comprove que o nível fique acima do purgador correspondente. 3- Coloque a tampa do óleo e o receptor de restos na posição adequada.

Abra os dois mandris mais largos do que as dimensões do tubo que será cortado e coloque o tubo desde a extremidade posterior do mandril onde seja possível. 2- Feche o mandril posterior e, segurando o tubo com a mão direita feche o mandril do martelo para segurar o tubo na sua posição. Puxe a roleta manual com força na sua direção para bloqueá-la. 3- Quando terminar de realizar o corte, basta um puxão forte em sentido contrário e o tubo se soltará. Quando trabalhar com tubos curtos que não cheguem até o mandril posterior, afrouxe o mandril do martelo um pouco e desloque o tubo para que entre em contato com as matrizes, afim de centrar o tubo quando apertar o mandril do martelo.

Contato

(11) 4723-4545 | 99651-2066 (WhatsApp)

Av. Francisco Ferreira Lopes, 3120 - Mogi das Cruzes/SP