(11) 4723-4545 | (11) 99651-2066 vendas@amlocacoes.com.br

Compressores de Ar

 

EPI'S

   

Finalidade

Schulz 10 BR – Mecânica geral, borracharia para enchimento e calibragem de pneus até 100 psi, serviços de pintura com pistolas de média produção. Acionamento de ferramentas pneumáticas com consumo de ar conforme o limite no manual do compressor e pressão de operação até 100 lbf/pol². Todas as aplicações onde se exija compressores de um estágio com pressão superior: mínimo de 100 psi e máximo de 140 psi.                                                                       

Peg NBPV 10- Borracharias para enchimento e calibragem de pneus de até 80 lbf/pol². Manutenção e mecânica geral em oficinas, serralherias e marcenarias. Pinturas em geral com uso de pistolas de até média produção. Limpeza de máquinas em pequenas e médias indústrias.                                                                                                                      

Pressure ATG3 10- Borracharias, construção civil, indústrias de móveis, indústrias diversas, linha de pintura, marcenarias, postos de gasolina, serralherias , outros.                           

Motomil CMI 8,7/24 – Projetado especificamente para serviço que exige simplicidade de utilização em pequenos serviços, hobby, pequenas oficinas, etc.

É imprescindível seguir as determinações da NR 18.

 

  • Características
Características Técnicas
Fabricante Modelo Tensão Potência Unid. Compres. Desl. de ar Pressão Max. Capac. tambor
SCHULZ CSL 15BR 220 V monof. 3 HP 1200 RPM 425 L/Min. 9,7 bar 183 litros
SCHULZ CSL 10BR BRAVO 220 V monof. 2 HP 860 RPM 283 L/Min. 9,7 bar 100 litros
PEG NBPV10 220 V monof. 2 HP 992 RPM 10 pés ³/min 120  lbf/pol² 175 litros
PRESSURE ATG3 10/100V 220 V monof. 2 HP 1267 RPM 283 L/Min. 140  lbf/pol² 100 litros
MOTOMIL CMI 8,7/24 220 V monof. 2 HP 3400 RPM 246 L/Min. 80  lbf/pol² 24 litros

Após concretizar as providências de localização, instalação do compressor, da rede elétrica, seguidas as instruções de segurança, dispositivos elétricos de proteção da instalação e rede de ar comprimido, execute os seguintes procedimentos: 

  1. Verifique o nível de óleo, que deverá estar no centro do visor de nível (figura 3).
  2. Abra totalmente o registro.
  3. Acione a chave de partida e verifique se o sentido de rotação é o mesmo indicado pela seta localizada no volante. Caso não seja, desconecte o equip. da rede elétrica e inverta qualquer cabo principal da mesma. Conecte novamente o equipamento à rede elétrica.
  4. Deixe o compressor trabalhando por cerca de 10 minutos, para que haja a lubrificação de todas as peças do compressor.
  5. Feche totalmente o registro para enchimento do reservatório. Os compressores de baixa e alta pressão desligarão (através do pressostato) ou entrarão em alívio (através das válvulas piloto/descarga, isto se elas forem instaladas) automaticamente, quando o manômetro indicar a pressão máxima permitida.
  6. Verifique o funcionamento da válvula de segurança (figura 5).
  7. Abra o purgador para drenar o condensado (água) do reservatório e feche-o em seguida (figura 4).
  8. Abra o registro para o esvaziamento total do reservatório e feche-o em seguida.
  9. Agora o compressor está pronto para operar normalmente. Conecte-o à rede de distribuição de ar e acione o motor elétrico. Quando o compressor atingir a pressão máxima, abra o registro deixando que o ar comprimido flua para a rede de distribuição.
  10. Verifique a existência de vazamentos ao longo da tubulação, caso tenha eleimine-os.

Conforme NR 18 a execução e manutenção das instalações elétricas devem ser realizadas por trabalhador qualificado e a supervisão por legalmente habilitado. Assegure-se de que a voltagem da rede é a mesma do equipamento. A tensão de alimentação elétrica deverá estar com ,+/- 5% da tensão nominal. Faça o aterramento do equipamento. O cabo de ligação e possíveis extensões deverão ser compostos por cabos de condução elétrica com proteção mecânica, do tipo PP com secção de 4,0 mm². O cabo de ligação deverá ser inteiriço, sem emendas, para não haver correntes de fuga, nem estar enrolado, tendo no máximo 50 mts de compr. O circuito de alimentação deverá ser protegido por interruptor de corrente de fuga do tipo “DR”. Verifique os acessórios que acompanham o equipamento para sua segurança e exatidão no trabalho a ser realizado. Para maior segurança utilize os EPI’s necessários para o serviço a ser executado. Isole o local ondese vai trabalhar, não permita o acesso de outras pessoas. O compressor corretamente dimensionado deverá ter aproximadamente seis partidas por hora, em torno de 70% em carga e 30 % desligado/alivio. Deve ser instalado e operado em área coberta, iluminada ventilada, e com proteção contra umidade ou incidência de água. Devem ser evitados ambientes como: depósitos, despensas, porões, garagens, banheiros e áreas quimicamente insalubres. O modelo deve ser escolhido de acordo com o uso pretendido não excedendo a capacidade do equipamento. Não utilize o equipamento em ambientes explosivos (gás, líquido ou poeira). Não altere a regulagem da válvula de segurança, pressostato e válvulas solenóides. Nunca ultrapasse a pressão máxima do equipamento. Nunca direcione um jato de ar diretamente à outra pessoa ou à pele. Nunca efetue a limpeza do equipamento com solvente ou produto inflamável, utilize detergente neutro. A temperatura ambiente máx. recomendada para trabalho é de 40°C e mínima de 5°C. A queda de tensão propiciada pela partida não deve ser superior a 10%.

Contato

(11) 4723-4545 | 99651-2066 (WhatsApp)

Av. Francisco Ferreira Lopes, 3120 - Mogi das Cruzes/SP